Plante amor. Plante amora.

Hoje completo um mês de casada (é muito bom casar, diga-se de passagem). Em junho, eu e meu (agora) marido organizamos uma cerimônia para poucos convidados, um mini wedding, como os entendidos do assunto chamam. Oferecemos como lembrança uma muda de amoreira e é sobre isso que eu quero falar.

A ideia foi aliar o enfoque ambiental com a simbologia da data. Assim como o casamento, a planta precisa ser cuidada para crescer bonita e saudável. Cuidado diário para que o amor esteja sempre vivo! O legal é que a árvore sempre será lembrada como a do ‘nosso casamento’.

Mas a dica é sobre onde encontrar as mudas. Eu não sabia direito como conseguir. Aí encontrei no viveiro do Instituto Florestal, na zona norte de São Paulo, mudinhas com preço acessível. O trâmite foi super fácil, por e-mail e telefone, e no dia combinado fomos retirar. Encontrei alguns viveiros no interior, mas não seria prático viajar para buscá-las. Existem também empresas especializadas em mudas para brindes, mas achei o valor muito alto.

Eu moro na cidade e não conhecia o viveiro. Pode ser que outras pessoas também não conheçam, fica a dica ;-)

As mudinhas de amoreira | Foto: www.diade.com

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s